Previous Next

Visita Pastoral D. António Couto – Moimenta

Decorreu, entre os dias 5 e 7 de janeiro a visita Pastoral no nosso Bispo à Paróquia de São Martinho de Moimenta, no arciprestado de Cinfães/Resende.

Durante estes dias o Sr. Bispo teve oportunidade de conhecer melhor a Paróquia, quer geograficamente, quer em termos humanos. Assim, no dia 5visitouos doentes da comunidade, tendo para com todos eles uma palavra de conforto e de esperança, administrando-lhes a Santa Unção e a Sagrada Comunhão.

Ao final da tarde houve oportunidade para a Administração do Sacramento da Santa Unção a todos aqueles que, assim o desejaram, mencionando que este Sacramento é uma carícia de Deus para com os seus filhos, sem reserva de idades. No final da

Celebração foi, também momento de rezar por aqueles que partiram para o Pai antes de nós, visitando o Cemitério.

No dia 6 foi dia de Visitar a Junta de Freguesia de Moimenta. Na mesma tarde houve oportunidade de um contacto mais próximo com os Crismandos, tendo estes a possibilidade de melhor conhecer o Pastor Diocesano. Ao final da tarde houve, também, a possibilidade de um encontro com o Sr. Bispo na Assembleia Paroquial, contando com mais de uma centena de Paroquianos das mais diversas idades, desde os mais pequeninos aos mais velhinhos, que com muita alegria e entusiamo escutaram as palavras do Sr. Bispo.

Na manhã fria, do dia 7 de janeiro, dia da Epifania do Senhor, Moimenta recebeu o seu Pastor D. António Couto.
A manhã era gelada, o azul do céu inundava todo o território moimentense.

A espectativa era grande, os Crismandos estavam alegres e cheio do amor ardente para receber o sacramento do Crisma, as crianças brincavam no adro, mas sempre com o seu olhar fitado para a estrada na expectativa da chegada do pastor diocesano.

O frenesim de todos os paroquianos fazia sentir-se mais que o frio.

Marcava 10:00h, e o Sr. D. António Couto é recebido em clima de festa, os foguetes rebentavam no ar e eisque chega o Pastor a anunciar o Evangelho…

O tapete colocado no adro coloria todo o ambiente festivo, o sorriso do Pastor era contagiante e fazia-se irmão no meio do povo, cada passo era agraciado com uma enorme salva de palmas… fazia mesmo até lembrar a entrada triunfal de Jesus em Nazaré…

Após todos os ministros (acólitos, sacerdote e bispo) se paramentarem, eis que a procissão de entrada se realiza, o incenso queimava e as nuvens de fumo elevavam a nossa oração a Deus, a cruz ia bem alta, e todo o povo entrava na Igreja paroquial de São Martinho de Moimenta.

“Abri as portas a Cristo. Não temais, não tenhais medo. Escancarai o vosso coração ao amor de Deus”, eis que o canto de entrada traduzia mesmo isso… Ao longo do caminho até o altar, o nosso bispo saudava o povo e as crianças, era um clima de família, uma igreja unida em redor do seu Pastor.

Após uma breve saudação do Pároco da freguesia, o qual agradeceu a visita pastoral decorrida naquela semana, D. António Couto começou a cerimónia.

Os olhares atentos das pessoas e emocionados, faziam sentir que Deus estava ali, estava metido naquele seio cristão “onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome… Eu estrei no meio deles…”
Toda a mensagem enviada pelo nosso bispo, foi de anúncio e de Boa Nova… à comunidade pedia que fosse uma comunidade de graça sem ter medo de anuncias o Evangelho à semelhança dos Reis Magos, que soubesse embalar os irmãos e que o olhar terno, como se fosse de uma mãe, nos fizesse amar cada vez mais o irmão e o estrangeiro….

Só um coração aberto e terno, pode receber o amor de Deus.

Aos crismandos, solicitou que fossem novos Cristos na Terra, que os seus rostos refletissem o logos a todo o mundo e que eles fossem as estrelas do anúncio de Jesus Cristo.

Só uma comunidade refletida pela luz de Deus pode colher bons frutos e boas obras.

A comunidade solicitou uma oração em igreja unida e, em prol de todos, uma oração de graças também por aqueles que naquele dia eram confirmados na fé e no Espirito…

Toda a celebração foi em clima de alegria e de paz.

Em prol da gratidão pelos dias passados com o pastor, o Senhor Pe. Fabrício Pinheiro em nome da comunidade ofereceu ao Bispo da diocese, um canastro, imagem de referência de Moimenta pelo trabalho agrícola que cá é desenvolvido, bem como um S. Martinho colocado num cepo para que não mais o Sr. Bispo se esquecesse dessa terra. Ambas as peças foram oferecidas pela comunidade e esculpidas por um paroquiano de Moimenta. Do grupo de Crisma houve também uma lembrança para o Pastor: um cajado como símbolo de união entre a comunidade e o Pastor.

A comunidade agradece a visita pastoral realizada pelo seu Pastor, e faz votos que esta se repita por mais vezes, deixando um recado que as Portas da simples e singela aldeia de Fornelos, estará sempre de portas abertas para receber o seu pastor D. António Couto, tal como os corações de todos os moimentenses.

O Pároco: Pe. Fabrício Pinheiro, in Voz de Lamego, ano 88/07, n.º 4444, 16 de janeiro de 2018


A acontecer...

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.

Pesquisar

Redes Sociais

Fale Connosco

  254 612 147

  curia@diocese-lamego.pt

  Rua das Cortes nº2, 5100-132 Lamego.

Contacte-nos

Rua das Cortes, n2, 5100-132 Lamego

 254 612 147

 curia@diocese-lamego.pt

 254 612 147