XIV Encontro dos Ministros Extraordinários da Comunhão

Realizou-se este sábado, dia 2 de Junho, no Seminário Maior de Lamego o XIV Encontro de MEC.

Habitualmente realizado no Seminário de Resende, onde o seu Reitor, P. Tozé Ferreira sempre nos acolheu de forma magnífica, foi estipulado pelos responsáveis que doravante se realizasse num local mais central para facilitar a deslocação dos interessados, e tendo o Seminário de Lamego sido objeto de algumas obras de adaptação (nomeadamente no auditório) que o tornavam ideal para este efeito, foi o local escolhido para receber os cerca de 130 participantes que logo de manhã "invadiram" as instalações.

Após algumas palavras de acolhimento e de incentivo a um bom trabalho e encontro de felicidade na missão, proferidas pelo Reitor do SML, P. Joaquim Dionísio, também o P. Bouça Pires, o P. José Ferreira e o P. Tozé deram as boas vindas, saudaram e incentivaram os presentes.

E deu-se início aos trabalhos com a intervenção do P. Zé Ferreira, que começou por salientar o seu gosto em, finalmente, conseguir estar presente num encontro desta natureza, pois o facto de ser habitualmente longe da paróquia, que é muito atarefada neste mês de Junho, o tinha até aqui impedido de o fazer (aplaudimos desde já o ter conseguido dar uma excelente palestra e dividir-se ainda por mais três locais durante o dia!).

Após orarmos para preparar o nosso espírito e o nosso coração, foi com toda a atenção que ouvimos o P. Zé falar sobre a Eucaristia, sacramento do Amor, sinal visível de Deus que vem até nós, independentemente de quem a celebra, pois é o próprio Deus que ali está connosco.

Realçando que Cristo é O ÚNICO SACRAMENTO, pois é O ÚNICO MEDIADOR entre nós e o Pai, salientou também o papel insubstituível da Igreja como sacramento universal de salvação, pois através dela nos chegam as graças de Cristo, e o lugar da Eucaristia como celebração única, onde deve ter lugar a celebração de todos os outros sacramentos.

Algumas dúvidas se levantaram na assembleia acerca de denominações e usos, prontamente esclarecidas e debatidas, e terminamos com a explicação bem clara de que a Eucaristia é AMOR!

Amor no sacrifício - o cordeiro imolado.

Amor na presença - no sacrário, no pão/vinho, na Igreja reunida.

Amor na comunhão - com Jesus, com os irmãos.

Seguiu-se o Dr. Bouça Pires, que nos encantou com a sua capacidade de comunicação e de nos fazer sentir que amar é muito fácil, e a entrega um gesto natural e intuitivo, que imbuídos do Amor de Cristo tudo nos é possível! Colocando várias questões simples mas muito pertinentes, foi simultaneamente orientando a procura das respostas com sugestões de autores e livros que nos poderiam ajudar nesta constante busca espiritual.

Salientou a gratuitidade do amor, pois " se necessito de razões para amar, então não amo de verdade!", e exortou-nos a amar como Deus nos ama, a cada um na sua diferença e a todos do mesmo modo, apenas PORQUE SIM!

Não deixou de nos fazer reconhecer o valor das graças e do PRESENTE de Deus: porque está sempre presente para nós; porque nos presenteia constantemente com a graça da Vida e os Seus Dons em tudo o que nos rodeia; porque Deus É A VIDA!  

Terminou convidando nos a sermos todos um bocadinho "zen"! A deixarmos que o amor de Deus nos embale até ao abandono total no seu colo e á contemplação absoluta do Pai.

Como MEC, sinais e transmissores do amor, incentivou nos, como Jeremias, a que nos levantássemos e caminhássemos - "tens um longo caminho para andar"!

De coração cheio subimos á capela para participar na Eucaristia presidida pelo P. Bouça Pires e concelebrada pelo P. Filipe e pelo P. Leontino, e animada pelo coro de Queimada/ Armamar.

Após o almoço/convívio, houve oportunidade de trocar experiências, pôr dúvidas, partilhar ideias e impressões, o que foi muito gratificante para todos e aumentou a nossa união como irmãos em Cristo.

Terminamos o dia rezando para que todos os MEC saibam cumprir a sua missão, não só "dar a comunhão", mas "entrar em comunhão" com todos os irmãos necessitados do apoio da Palavra e do Amor de Jesus.

IM, in Voz de Lamego, ano 88/27, n.º 4464, 5 de junho de 2018

A acontecer...

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Pesquisar

Redes Sociais

Fale Connosco

  254 612 147

  curia@diocese-lamego.pt

  Rua das Cortes nº2, 5100-132 Lamego.

Contacte-nos

Rua das Cortes, n2, 5100-132 Lamego

 254 612 147

 curia@diocese-lamego.pt

 254 612 147