Previous Next

Obra Kolping Portugal “viveu” a solidariedade global

No passado domingo, 27 de outubro, dia Mundial da Oração Kolping, a Obra Kolping Portugal celebrou um dia sob o mote  “vivendo a solidariedade global”, uma iniciativa que reuniu dezenas de pessoas, em Lamego.

A abertura do dia ficou marcada pelo acolhimento e receção pelo Presidente da Direção da Obra
Kolping de Portugal, José Manuel Santos, seguindo-se uma atuação ao piano do jovem Eduardo Rocha, que antecedeu a conferência-debate, cujo orador convidado, Ilídio Lobão, da Santa Casa da Misericórdia do Porto - e com raízes no concelho de Lamego -, na sua intervenção, e sob o olhar atentos de todos os presentes, focou a importância da solidariedade global, exortando as instituições de solidariedade social ao voluntariado ao serviço e não à venda de património, apesar das muitas dificuldades que estão a passar.

D. Jacinto Botelho, Bispo Emérito de Lamego, celebrou a Eucaristia, tendo como concelebrantes o Padre Silvestre e o Padre João Carlos, neste que foi o momento alto do dia. Durante a homilia, D. Jacinto Botelho realçou, em modo de agradecimento, a vida e obra de Adolf Kolping.

Um almoço-convívio integrou também o cartaz da iniciativa, que juntou à mesa a boa disposição.

A tarde ficou também marcada pela alegria e pelos momentos de animação abrilhantados pelos grupo ADSC de Magueija e do grupo da Penajóia.

A iniciativa da Obra Kolping contou com uma homenagem a Monsenhor Ilídio Fernandes, um dos pioneiros da Obra em Portugal. D. Jacinto Botelho condensou, no essencial, a vida e obra de Monsenhor Ilídio Fernandes, que juntamente com o Cónego Folgado de Bragança, trouxeram a Kolping para Portugal.

Sobrinho do homenageado, Dr. Amílcar falou da consagração cega e absoluta do tio à sua missão de sacerdote, da sua ligação à família, congratulando-se com a homenagem prestada, que muito agradeceu.

Ângelo Moura, Presidente da Câmara Municipal de Lamego, teceu algumas considerações sobre a personalidade de Monsenhor Ilídio, salientando o “Homem que fez, que realizou, que colmatou e complementou as obrigações do Estado”.

A homenagem a Monsenhor Ilídio Fernandes não terminou sem o descerramento de uma fotografia e de uma lápide na sede da Obra Kolping, que, em jeito simbólico, perpetuarão a memória deste ilustre sacerdote da Diocese.

Um Espumante de Honra encerrou o dia em que se “viveu” a solidariedade global em Lamego.



João Silva, in Voz de Lamego, ano 89/45, n.º 4532, 29 de outubro de 2019.

A acontecer...

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Pesquisar

Redes Sociais

Fale Connosco

  254 612 147

  curia@diocese-lamego.pt

  Rua das Cortes nº2, 5100-132 Lamego.

Contacte-nos

Rua das Cortes, n2, 5100-132 Lamego

 254 612 147

 curia@diocese-lamego.pt

 254 612 147