Previous Next

Encontro diocesano de Ministros Extraordinários da Comunhão

Foram dezenas de leigos provenientes das paróquias da diocese de Lamego que se quiseram juntar no XV Encontro Diocesano de Formação dos Ministros Extraordinários da Comunhão (MEC), no Seminário de Jesus, Maria e Ana, mais conhecido como Seminário Maior de Lamego, no passado primeiro dia de junho de 2019.

Por volta das nove horas e meia procedeu-se ao acolhimento dos participantes e consequente sessão de boas vindas à Família dos MEC, pelo Secretariado Diocesano da Liturgia, na pessoa do monsenhor José Bouça Pires, iniciando-se, em seguida, a formação com a Oração da Manhã, orientada pelo vice-reitor do Seminário de Nossa Senhora de Lourdes, padre António José Ferreira.

Seguidamente, o nosso bispo diocesano, senhor D. António Couto, dirigiu uma primeira comunicação/reflexão, intitulada “Os MEC Chamados ao Anúncio do Evangelho”.

Começou por lembrar a nobreza e a grandeza da missão do MEC, pois trata-se de um serviço de beleza, dignidade e excelência pelo facto de levarem Cristo à casa das pessoas que não se podem deslocar até Ele, visto que é um privilégio visitar os nossos irmãos mais necessitados, pois como disse o Mestre: “sempre que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim mesmo o fizestes”(Mt 25, 40). Salientou que o MEC se deve orientar pelo ícone de Maria Serva, a que serve (à pressa) o Senhor aquando da visita à sua prima Isabel, a Maria portadora e, como tal, o MEC é um portador físico, espiritual dessa presença nova; o MEC é ministro, servo, servidor de um trabalho acima da média, de excelência, mas para tal é necessário uma grandeza espiritual na sua vida. O MEC é um anunciador e testemunho do Evangelho de Jesus e, para isso, não é preciso dizer muito, é sim preciso viver muito a Sua presença e, por conseguinte, apresentar uma luz nova, não a própria, mas uma luz de amor pelos irmãos. Acrescentou que o MEC, servidor do Senhor aos irmãos necessitados, se for muito bem preparado e com testemunho de vida, pode fazer muito, e se necessário, deve revestir-se, por dentro essencialmente, como recomendou São Paulo: “revesti-vos do amor, que é o laço da perfeição” (Cl 3, 14). Por último, o prelado referiu que a paróquia é obrigada a conhecer os seus doentes e, portanto, os MEC devem atuar, na sua área, como “as formiguinhas”, mantendo sempre o mapa atualizado sobre os necessitados e mais fragilizados que vão surgindo, para que também outros os possam visitar. Terminou apontando o grande apreço pelos serviços laicais, agradecendo e estimulando cada um para os tempos que aí vêm, e que a sua postura e desempenho subam ainda mais, e que a sua energia espiritual suba com mais luz e com mais amor.

Depois de um intervalo, foi exposta outra reflexão subordinada ao tema “Enviados em Missão”, pelo padre Bouça Pires.

Seguiu-se a celebração da Eucaristia vespertina da Festa da Ascensão do Senhor, presidida pelo nosso bispo diocesano, D. António, e concelebrada pelos presbíteros presentes.

Após a Eucaristia, seguiu-se o almoço de confraternização, com uma saborosa feijoada, para todos os presentes retemperarem as energias necessárias para a segunda parte dos trabalhos.

Na parte da tarde deu-se continuidade aos trabalhos, com um espaço previsto para a partilha, perguntas, dúvidas e testemunhos.

Os trabalhos terminaram com uma celebração mariana, com a Oração do MEC, a Oração Jubilar de Consagração a Nossa Senhora sobre o nosso dia e toda a nossa vida, seguido da entrega dos cartões de identificação, assinados e validados pelo senhor
Pró-Vigário-Geral, cónego João Carlos Morgado, e envio dos membros deste ministério para o desempenho da respetiva missão.

O encontro foi encerrado com as despedidas finais, com destaque para a alegria estampada nos rostos de quem passou mais um dia frutuoso na respetiva caminhada cristã.


Eduardo Pinto (M.E.C.), in Voz de Lamego, ano 89/26, n.º 4513, 2 de junho de 2019

A acontecer...

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4

Pesquisar

Redes Sociais

Fale Connosco

  254 612 147

  curia@diocese-lamego.pt

  Rua das Cortes nº2, 5100-132 Lamego.

Contacte-nos

Rua das Cortes, n2, 5100-132 Lamego

 254 612 147

 curia@diocese-lamego.pt

 254 612 147