Fechar

Login

26

Fev

2017

QUARESMA 2017 | MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO

 

MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO PARA A QUARESMA DE 2017

A Palavra é um dom. O outro é um dom

 

Amados irmãos e irmãs!

A Quaresma é um novo começo, uma estrada que leva a um destino seguro: a Páscoa de Ressurreição, a vitória de Cristo sobre a morte. E este tempo não cessa de nos dirigir um forte convite à conversão: o cristão é chamado a voltar para Deus «de todo o coração» (Jl 2, 12), não se contentando com uma vida medíocre, mas crescendo na amizade do Senhor. Jesus é o amigo fiel que nunca nos abandona, pois, mesmo quando pecamos, espera pacientemente pelo nosso regresso a Ele e, com esta espera, manifesta a sua vontade de perdão (cf. Homilia na Santa Missa, 8 de janeiro de 2016).

A Quaresma é o momento favorável para intensificarmos a vida espiritual através dos meios santos que a Igreja nos propõe: o jejum, a oração e a esmola. Na base de tudo isto, porém, está a Palavra de Deus, que somos convidados a ouvir e meditar com maior assiduidade neste tempo. Aqui queria deter-me, em particular, na parábola do homem rico e do pobre Lázaro (cf. Lc 16, 19-31). Deixemo-nos inspirar por esta página tão significativa, que nos dá a chave para compreender como temos de agir para alcançarmos a verdadeira felicidade e a vida eterna, incitando-nos a uma sincera conversão.

 

Continuar...
 

24

Fev

2017

Retiro para Agentes Pastorais - Jornada de Oração e reflexão

No próximo dia 4 de março, primeiro sábado da Quaresma irá decorrer nas instalações do Seminário de Lamego uma Jornada de Oração e Reflexão (retiro) para Agentes Pastorais.

Se todos gostamos de ter razões para o viver do dia a dia, é essencial também cultivar as razões da nossa fé e aprofundar o sentido do nosso empenho como discípulos / apóstolos de Jesus Cristo.

Especialmente orientado para aqueles que desempenham uma missão concreta (serviço) na comunidade cristã, a participação é aberta a outras pessoas. Sob o lema, “Corações novos no testemunho da Boa Nova”, o programa terá a seguinte sequência:

9.30 – Acolhimento

10.00 – Oração da manhã

Meditação

 

10.45 – Exposição do Santíssimo

Reflexão

Oração/reflexão pessoal

Celebração do Sacramento da Penitência

Oração comunitária

Bênção do Santíssimo

 

12.45 – Almoço

14.15 – Diálogo – Partilha

14.45 – Reflexão: A nossa diocese e os desafios da nova evangelização.

(Observação: o andamento e o acerto do horário da parte da tarde dependerá da disponibilidade dos participantes)

- É conveniente que os participantes informem antecipadamente da sua presença (se possível até ao dia 1 de Março Telefone: 254612151) para facilitar a preparação de materiais de apoio e do almoço).

in Voz de Lamego, ano 87/15, n.º 4400, 21 de fevereiro de 2017

 

23

Fev

2017

Visita Pastoral de D. António Couto à Paróquia do Mezio

Pelas quinze horas do dia 14 de fevereiro de 2017, a comunidade escolar do Mezio - crianças da educação pré-escolar, meninos e meninas do primeiro ciclo do ensino básico, respetivas assistentes operacionais, educadoras e professores, aguardavam a chegada do seu pastor diocesano – D. António Couto. Acompanhado pelo pároco, o senhor bispo era aguardado pelo senhor diretor do Agrupamento de Escolas de Castro Daire e pela Junta de Freguesia da União de Freguesias do Mezio e Moura Morta. Dava-se início à Visita Pastoral à paróquia de S. Miguel do Mezio. Entretanto, da Câmara Municipal de Castro Daire, chegava, também acompanhado, o seu distinto presidente, cuja presença muito honra proporcionava.

Continuar...
 

22

Fev

2017

Dia Mundial do Doente no Hospital de Lamego . 2017

No passado dia 15 de fevereiro a Diocese de Lamego celebrou, pela primeira vez e com a presença do Sr. Bispo D. António Couto, o Dia Mundial do Doente. Envolvidos pelo tema que o Papa Francisco propôs para o dia 11 de fevereiro, Dia Mundial do Doente: “Admiração pelo que Deus faz: o Todo-poderoso fez em mim maravilhas” (Lc, 1,49), viveu-se a celebração deste dia no Hospital de Proximidade de Lamego. A celebração do Dia Mundial do Doente foi proposta pelo Papa João Paulo II e celebrado pela primeira vez em 1992. Este é já o 25º Dia Mundial do Doente.

O serviço da Pastoral da Saúde da Diocese de Lamego, coordenado pelo P. José Fernando e em parceria com o P. Ricardo Silva, do Serviço de Capelania do Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro, decidiram celebrar o Dia do Doente na Unidade Hospitalar de Lamego. Os hospitais, lares de idosos, centros de dia e os serviços de internamento dos cuidados paliativos ou de cuidados continuados, são as catedrais onde habitam as pessoas fragilizadas pela doença ou idade. Por isso, faz todo o sentido que o Dia Mundial do Doente, seja celebrado na proximidade daqueles que cuidam e dos que se encontram doentes.

Continuar...
 

16

Fev

2017

Festa de Nossa Senhora de Lurdes no Seminário de Resende

No passado sábado o Seminário Menor de Resende celebrou em Festa a Solenidade da sua Padroeira, Nossa Senhora de Lourdes. Desde que há memória, este dia é sempre vivido pela comunidade do Seminário com grande alegria, porque celebramos a Mãe de Deus que se dignou apareceu em 1958 a Bernardete de Soubirous na gruta de Massabielle perto de Lourdes em França e  por intermédio desta humilde menina, chamou os pecadores à conversão, despertando na Igreja um intenso movimento de oração e de caridade, sobretudo em benefício dos pobres e dos doentes.

Este é também um dia para acolher e chamar ao Seminário os familiares e os párocos dos nossos Seminaristas. Este ano não foi exceção. Pela manhã começaram a chegar os pais, familiares e alguns párocos.

O primeiro momento foi de receção e de boas vindas. No salão do Seminário, as Irmãs da Comunidade Servas de Maria do Coração de Jesus presentearam-nos com alguns cânticos de mensagem sempre acompanhados de gestos que nos trouxeram alegria e boa disposição.

A irmã Amanda deu o seu testemunho vocacional, falando um pouco do seu chamamento e como acolheu a vontade de Deus, para deixar tudo e seguir Jesus vivendo no seu coração e na sua vida este mandato do Senhor de ir e de anunciar. De seguida a irmã Maria, com muita afabilidade e simplicidade, deixou-nos algumas pistas e orientações para que, aqui, na nossa terra, eventualmente até na nossa casa, possamos ser missionários e anunciar Jesus. Através do nosso sorriso diário, do simples cumprimento, do gesto afetuoso, da bondade somos portadores da alegria de Jesus. Disse-nos ainda que antes de tudo mais é preciso viver a palavra para depois sermos verdadeiras testemunhas dela. Um obrigado a esta Comunidade, pela sua presença e pela sua alegria partilhada connosco.

Continuar...