Fechar

Login

23

Jun

2016

Comunicado do Conselho de Presbíteros - 17 . junho . 2016

_MG_7189

Na manhã do passado dia 17 de junho, reuniu na casa de São José, sob a presidência do Sr. Bispo, D. António Couto, o conselho de presbíteros da nossa diocese.

Depois de rezarmos a hora intermédia o Sr. Bispo fez uma breve reflexão sobre a missão, que a todos nos cabe, de transportarmos sobre os ombros e no coração o povo que nos está confiado e que espera de nós gestos e palavras de misericórdia, proximidade e afeto.

De seguida ouviu os presbíteros sobre a necessidade de formação pastoral para leigos através da criação de uma escola que permita aos cristãos serem “capazes de testemunhar a fé de forma inteligente e inteligível, em diálogo com os outros. Que vivam com alegria e demonstrem vontade em servir”.

Continuar...
 

21

Jun

2016

Bodas de Prata Sacerdotais do Pe. Agostinho Ramalho

IMG_5566

Saudação inicial do Pároco, Pe. Hermínio Lopes

 

Ao iniciarmos esta Eucaristia pertence-me como Pároco de S. Sebastião de Bigorne dizer uma palavra de acolhimento, de homenagem e de reconhecimento.

Congrega-nos um distinto e amigo sacerdote que aqui nasceu em 1964, daqui partiu para o Seminário, lá se formou e aqui celebrou, há 25 anos, a “sua missa nova”, precisamente em junho de 1991. Celebrar as Bodas de Prata Sacerdotais é um privilégio que constitui sempre uma bela e nobre oportunidade de alegria.

Quero interpretar em uníssono os sentimentos de todos, a quem saúdo. Hoje é dia de festa. Aceitamos o convite que o Sr. Padre Agostinho Ramalho nos dirigiu e aqui, com ele, queremos louvar e agradecer ao Senhor da Messe por estes 25 anos de serviço bondoso, nobre e proveitoso. Ser sacerdote é ser servidor de Cristo na pessoa dos mais pobres e humildes. Foi nessa linha de serviço que o P. Agostinho sempre procurou testemunhar e viver na simplicidade, na retidão e na caridade.

Continuar...
 

20

Jun

2016

IV Congresso Eucarístico | Eucaristia, fonte de misericórdia

congresso2

Iniciou-se em Fátima, no passado dia 10 de junho, com a celebração da Missa da Peregrinação das Crianças, o IV Congresso Eucarístico Nacional, prolongando-se até ao dia 12. Este é o primeiro a realizar-se neste santuário mariano, no âmbito da celebração do centenário das aparições do Anjo e de Nossa Senhora em Fátima, bem como da mensagem eucarística presente nelas (assim como nas aparições de Tui e Pontevedra). Os três Congressos Eucarísticos anteriores realizaram-se em Braga em 1924, 1974 e 1999.

Continuar...
 

20

Jun

2016

Seminário de Resende acolhe antigos seminaristas

seminaristas-encontro2

O dia 6 de Junho foi o escolhido para o «reencontro» dos seminaristas que frequentaram o Seminário de Resende na década de cinquenta. Sem barreiras a ultrapassar, com boa vontade a funcionar, cerca de cinquenta foram chegando, uns acompanhados das Esposas, outros na sua solidão, que quer dizer viuvez; uns bem conhecidos de todos, outros a serem muito interrogados sobre a sua origem e nome, pois o tempo não perdoou e a memória não chegava para tudo e para todos; eis que tudo se vai desdobrando em abraços, dando e ouvindo notícias de outros que não puderam vir, mas que bem gostariam de estar presentes…

As inscrições tinham sido feitas e só era preciso dizer: «presente», aceitar o crachat de identificação, para melhor sermos reconhecidos… É que alguns, à distância de vários, muitos anos, já não tinham o aspecto juvenil que ostentavam ao deixar o Seminário.

Continuar...
 

20

Jun

2016

XII Encontro de Ministros Extraordinários da Comunhão

DSC_0279

No passado sábado, 4 de junho, teve lugar no Seminário Menor de Resende o XII Encontro de Ministros Extraordinários da Comunhão. O encontro contou com participantes oriundos das paróquias de toda a diocese de Lamego.

Acolhidos os participantes, foram feitas duas exposições que procuraram relacionar-se com o Jubileu Extraordinário da Misericórdia que vivemos. Tendo como base esse mesmo tema, a Misericórdia, o Monsenhor José Fernando Bouça Pires expôs a importância desta no ministério da Comunhão. “Amar é dar a vida” e qualquer pessoa, para corretamente viver um ministério que exerça, tem de amar, dar a vida, dedicar o seu tempo e sobretudo entregar-se ao outro.

Continuar...